quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Perdida - Carina Rissi


Esse livro já estava na minha listinha faz um tempo, mas esquecido. Até que vi uma resenha maravilhosa no blog Próxima Primavera e resolvi que já era hora de lê-lo. Encontrei num sebo (<3) por quinze reais e chegou a vez dele! 

O livro conta a história de Sofia Alonzo, uma jovem de 24 anos que trabalha num emprego que odeia, só esperando a chance de poder substituir seu chefe. Depois do trabalho, ela vai num bar para encontrar sua amiga Nina que vai contar uma super novidade: vai morar com o namorado. Sofia tem aversão à casamento e acha que nunca vai encontrar o amor da vida dela. Depois de toda uma bebedeira, deixa seu celular cair na privada. Pesadelo de qualquer um, né? 

No dia seguinte lá vai ela comprar um novo celular. A mulher da loja é SUPER suspeita, e quer porque quer vender um modelo maravilhoso-único-bafônico de celular, que só existe um exemplar dele. Estranho, né? Sofia, maravilhada, o compra e logo que sai na rua, tropeça numa pedra em uma praça e é "engolida" por uma luz branca. Acorda no meio de um grande terreno com gramado, perdida, e é socorrida por um homem à cavalo.

É aí que as coisas começam a ficar mais estranhas: as vestimentas, costumes, falas e tudo mais são antiquadas e diferentes. Sofia acaba de acordar no ano de 1830, no século dezenove. O cavalheiro que a socorreu, Ian Clarke socorre a moça "nua" (com roupas comuns do ano de 2010) e a leva pra casa. Tenta entender toda a história bizarra que ela conta e acaba à ajudando. Nesse meio tempo, ela também vai recebendo mensagens misteriosas no celular, sobre missões e desafios que estão por vir. 

E agora, qual a missão de Sofia no século dezenove, e como ela vai fazer para voltar para 2010?


Para tudoooooooo, que livro é esse! Eu não costumo gostar de livros que retratem a vida em séculos passados, acho meio boring, mas esse livro... <3 A escrita da Carina Rissi, autora que eu ainda não conhecia, é maravilhosa e envolvente, e as páginas vão passando e você nem se dá conta.

Sofia é uma típica jovem do século vinte e um, gosta de sair, beber, ouvir música, e é bem desbocada. Adoro! Daí ela vai parar na época em que os livros que mais ama foram escritos, com costumes diferentes e tem que aprender a conviver com isso. É bem engraçado o modo como ela se comporta e as pessoas "antigas" não compreendem bem. Ian é um cara MARAVILHOSO, fica fixado nela e é super bonzinho. Bom, eu ia ter um treco se isso acontecesse comigo, e ia estranhar um cara tããããooo bondoso assim me socorrendo e me levando pra casa dele... 

Dou cinco estrelinhas, um coração, três unicórnios e um beijinho pra esse livro, de tanto que gostei. Estou louca pra ler os livros da sequência, pra ver o que acontece com a Sofia depois dessa reviravolta que ela tem na vida dela.

Sofia tem mesmo azar no amor? Consegue sair de 1830? Ian é mesmo um cara tão bonzinho? Qual a missão dela? Bom, você vai ter que ler o livro pra saber da história ;)



quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Pó Bronzeador Ruby Rose


Sabem quem não aparecia aqui faz um tempinho? A Ruby Rose, minha queridinha! Mais uma vez caí nas tentações de comprar os produtinhos deles, e escolhi esse pó bronzeador que quando lançou foi uma loucuuura. Comprei a cor 02 e uso como iluminador (mas agora eles têm as paletinhas pra isso mesmo). 

A cor 01 já estava em falta, então vamos com a segunda mais clara. É bem champanhe, larga bastante brilhinhos no rosto. Esses dias fui usar, e taquei-lhe iluminador porque achei que tava pouco. Quando saí de casa estava eu a garota lunática com a cara toda brilhante. Ou seja, não subestime esse poder iluminante.  


Vem bem compactado, e parece que não solta no pincel, mas solta. Aplicar com os dedos também é bom. Achei a durabilidade bem boa, se usar produtos cremosos por baixo, tipo base, pra ele grudar.


Comparando ele com o Duo Iluminador e Bronzer da Belle Angel, achei bem parecidos. 


Acho que talvez o da Belle Angel brilhe um pouquinho mais, mas no rosto parece a mesma coisa.



No da Ruby Rose eu paguei vinte reais e vem 10 g, no da Belle Angel paguei R$ 8,90 e vem 5 g, então fica quase a mesma coisa.

Achei um brilho bem cara de rica e super usável, e não tirei fotos no rosto porque minha câmera não é super macro pro turbo 2000 pra captar esse brilhinho, mas mexendo o rosto na frente do espelho dá pra ver que brilha bastante.

Quem aí ama essa tendência super iluminada levanta a mão o/


quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Sephora - Leite Demaquilante


Eu nunca tinha testado nada da Sephora, até porque aqui na minha cidade abriu uma faz pouco tempo e os preços não são lá muito amigos. Mas surgiu a oportunidade de uma pessoa legal me trazer umas coisinhas de fora do país, então pedi algo de lá porque queria ganhar a sacolinha #soudessas

E nossa, lá é MUITO mais barato, mesmo convertendo. Pedi coisas da marca da própria Sephora, que são menos caros. Esse Leite Demaquilante, no site da Sephora França custa 6,95 euros (aproximadamente R$ 26,50), e aqui no Brasil agora está indisponível, mas entrei faz um tempinho e custava R$ 82. Sim, eu também quase caí pra trás.



A embalagem vem com 200 mL e tem esse pump, bem prático e de qualidade (vou usar com outras coisas depois hehehe). Se chama "Soothing cleansing milk - face and eyes", ou seja, leite calmante de limpeza para olhos e rosto. Diz que tem óleo de macadâmia, ou seja, já espero que remova maquiagem à prova d'água.


Daí você aplica num algodão e passa no rosto. Tive medo de deixar a pele oleosa, mas não aconteceu isso. Ele é bem levinho e hidratante, parece fazer bem para a pele. O cheiro que não curti muito, não é nada floral ou doce, como eu prefiro. Também não rende muito, a pele vai absorvendo o produto e precisa de mais pra tirar do rosto. Em comparação com a água micelar, a água sai ganhando (na minha opinião).


Aqui está o antes e depois. Pele avermelhada mandou oi (sempre fico vermelha depois de tirar maquiagem, acho que esfrego demais, my bad). Não estava com muita maquiagem, mas depois que passei ele percebi que eu estava era bem enganada, não parava de sair produto haha Ele remove o rímel do olho, sem arder, mas não 100 %. Aliás, nunca consigo tirar todo. Então achei bem satisfatório.



ECAAA QUE SUJEIRA. Mas antes no algodão do que no rosto né? 


Gostei bastante dele, achei que não agride a pele. O preço daqui que desanima, mas quem tiver oportunidade de comprar fora, acho que vale a pena testar, fica a indicação. Também tem em versão de 50 mL e 100 mL. Agora quero economizar pra nunca acabar porque não vou conseguir comprar outro tão cedo haha


segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Vidas Muito Boas - J. K. Rowling


Quem é fã de Harry Potter não pode ver o nome da J. K. Rowling por aí que já pira. Vi esse livro por acaso nas prateleiras da Livraria Cultura e pedi pro meu namorado de Natal, já que fiquei bem curiosa pra ver o que ela tinha a dizer, já que é tão boa com as palavras...


Vidas Muito Boas é basicamente o discurso da J. K. para os alunos formandos da Universidade de Harvard, traduzido e posto em meio à várias figuras em um livro de capa dura com uma edição bonita. Neste discurso, são abordados os temas do fracasso e da imaginação. A autora discorre sobre as vantagens do fracasso durante a vida e a importância de se utilizar a imaginação perante os acontecimentos do dia a dia.

Gostei muito da mensagem geral do livro, ela fala sobre o quão importante é a exposição ao fracasso, para podermos crescer como pessoa e podermos encarar melhor as situações da vida. Ninguém gosta de não ter sucesso em tudo, mas saber perder também é importante.

Sobre a imaginação, ela diz não somente sobre saber imaginar histórias e situações para serem postas em palavras e criar livros, ou criar cenas na nossa cabeça enquanto lemos, mas também sobre saber se colocar no lugar do outro, ter empatia, um sentimento muito importante na atualidade.

Bom, é um livro SUPER curto, certamente o colocaria no post de "livros para se ler em um dia", mais precisamente, em uma sentada. É um discurso bem curto, que foi distribuído em muitas páginas bonitas em um livro de capa dura para que pudessem cobrar um pouco mais pela edição. A leitura vale muito a pena, afinal a J. K. faz menção à algumas situações de Harry Potter, mas também ela tem muito a ensinar. Se tiver a oportunidade de ler, o leia :)


Junto com o livro veio esse marca-páginas com um desafio literário que achei bem legal! Acredito que eu não vá segui-lo, mas achei interessante para quem gosta desse tipo de coisa :)



quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Necessaire Praia - O que não pode faltar?


O verão chegou. Esse calor HORRÍVEL não deixa ninguém mentir. Calor pede uma visitinha na praia, e pensando nisso resolvi "montar" uma necessaire de praia. Não que eu esteja indo dar um pulinho no mar (#inveja de quem vai), mas adoro arrumar malas e vim mostrar por aqui o que sempre levo :)


Item indispensável: PROTETOR SOLAR! Pelo amor de Deus, usem filtro solar (leia com a voz do Bial). Na praia, então, nem se fala. Esse da La Roche-Posay é ótimo pra pele oleosa e já falei dele aqui. Filtro solar pros lábios também. Sempre bom ter um balm pra hidratar e proteger a boca dos raios solares. Esse da Panvel ainda nem usei mas parece ótimo, ao menos eu adoro a marca. Um bom creminho pro rosto pra hidratar depois de um dia de sol, e também um sabonete pra limpar o rosto e tirar toda sujeira antes de dormir.

Post da Base aqui

Acharam que eu não ia levar maquiagem né? hahaha Sempre levo um BB cream ou uma base levinha, pra dar uma tapeada na cara caso tenha algum evento, junto com um contorninho leve e um blush cara de saúde. E claro um pincel fofinho pra pós e um mais firme pra produtos em creme de rosto.


E claro, pros olhos. Um rímel feliz pra dar uma cara de pessoa viva, uma pinça (nunca esqueça!), e um trio de sobrancelhas que também pode virar um esfumado na hora do desespero. Um batonzinho nude e um mais rosinha pra intercalar e sair bonita nas fotos.


Uma água micelar pra limpar o rosto depois de passar make ou tirar as impurezas diárias, e claro o algodão pra passar ela hehe

Post do Creme para Pentear

Pro cabelo, além do shampoo e condicionador essenciais, um creme pra pentear pra hidratar os fios e também proteger do sol. E gosto desse Cicatri Renov da L'oreal pra deixar os fios mais ajeitadinhos e também ajudar a proteger.


E por fim, um hidratante pro corpo, que acho essencial depois de passar um dia entre água e sol. E uma coisa que me ajudou muito um ano que fiquei meio vermelha do sol (ou seja, sempre), foi esse gel pós-depilatório que deixa a pele bem fresquinha e ajuda a passar um pouco a sensação de pele ardendo. Claro que se a queimadura for muito forte não vai adiantar, nesse caso eu recomendo um dermatologista ;)

Vocês também adoram praia? Eu DETESTO verão e não vejo a hora dele acabar, mas amo o mar... esqueci algum item essencial pra vocês? :)


Confira a listinha de essenciais de viagem que fiz ano passado!